Arqueológico

O acervo arqueológico encontrado na praia de Laranjeira, BC, é um dos últimos trabalhos do grande arqueólogo Padre João Alfredo Rohr S. J., auxiliado pelo estudantes de arqueologia.

Reúne um grande número de peças com mais de 3.000 anos comprovados pela datação  do carbono 14, realizado nos E.U.A. .

Estão em exposição 18 esqueletos onde se destacam duas índias grávidas, tendo uma um feto no ventre e outra já expelido, sendo isto um fato raríssimo, pois normalmente o feto se liquefaz pela pouca consistência de seus ossos; um fogão da antiga aldeia indígena, conservado intacto e um bloco testemunho, corte de terra pertencente ao Sítio Arqueológico.

Os sepultamentos foram encontrados nos chãos das cozinhas, próximos aos fogões; porque os índios sepultavam os seus falecidos no chão da própria casa que, segundo ele,  continuava pertencendo à família.

Poderão ser vistos também, machados com corte perfeitamente polidos, objetos de adorno fusiformes polidos (tembetás) que eram introduzidos nos lábios perfurados, batedores, amoladores, pontas de flechas ósseas,caprichosamente trabalhadas e de diversos feitios, cerâmicas, agulhas e anzóis fazem parte também deste acervo.